【Mercado de Afiliados】→ O Seu Guia Completo de 2022

Mercado de Afiliados

 

Uma coisa é certa, a internet vem revolucionando todos os estágios da vida e se estabelece como uma ferramenta primordial.

Seja para estabelecer contato entre pessoas minimamente distantes, compartilhar informações ou armazenar dados, entre muitas outras possibilidades.

É certeza que suas funcionalidades foram responsáveis por mudar a realidade como a conhecíamos.

Como seu advento, uma das principais portas que a internet abriu foi a possibilidade de exercer trabalhos que, antes, só poderiam ser realizados de forma tradicional e presencial.

Proporcionando a transferência de incontáveis aspectos de nossa vida real para o mundo virtual, vendedores puderam realizar seu ofício virtualmente, diversos tipos de atendimentos começaram a ser feitos a distância, cursos passaram a existir na modalidade remota, entre milhares de outras possibilidades.

Mas não foi só isso que aconteceu…

Além da transferência de trabalhos já existentes, a evolução da internet permitiu o surgimento de novos trabalhos, como o mercado digital de afiliados, um ofício extremamente vantajoso para aqueles que buscam trabalhar de casa, realizando pouco ou nenhum investimento e recebendo um grande retorno em renda.

Vem comigo que, neste artigo, irei te apresentar tudo sobre mercado de afiliados, como ele funciona, se vale a pena, como iniciar; enfim, tudo aquilo que você precisa saber para começar a ganhar dinheiro de qualquer

lugar e atingir a tão sonhada independência financeira já.

 

O que é Mercado de Afiliados?

Se você ainda não sabe o que é o mercado de afiliados, neste primeiro momento irei trazer todos os seus aspectos gerais, de modo a não deixar nenhuma lacuna ou dúvida.

Basicamente, o mercado de afiliados é uma área do mercado desempenhado virtualmente que trabalha com a divulgação de produtos e serviços já existentes e oferecidos por demais produtores através das plataformas digitais.

 

Banner Gabi Cervantes Captura

 

Trabalhar com o mercado de afiliação consiste, essencialmente, em divulgar produtos e serviços a partir de um link de afiliado.

Sendo que, a partir de cada venda realizada através dele, uma porcentagem do valor final da venda será recebida em forma de comissão por quem o divulgou.

Ganhando cada vez mais espaço no mercado atual, essa nova possibilidade de trabalho mostra-se vantajosa para todos aqueles que participam dela.

Para o produtor e detentor dos produtos a serem vendidos, o mercado de afiliados é uma ótima maneira de “terceirizar” a divulgação de seus produtos, mantê-los relevantes do mercado e fazer com que aumente cada vez mais o seu público e seus clientes em potencial.

Já para o afiliado, esse mercado é a maneira perfeita de desempenhar um trabalho que não seja exaustivo e que não venha com as exigências dos ofícios tradicionais (jornadas de trabalho previamente estabelecidas, pouca possibilidade de crescimento, subordinação, entre outros).

Sem precisar se deslocar de onde está para desempenhá-lo, esse trabalho atribui ao afiliado uma liberdade profissional que poucas vezes foi vista no mercado.

A partir de agora, ao longo deste artigo, irei especificar cada parte deste mercado, que envolvem:

  • Os tipos de produtos ofertados
  • Os tipos de divulgação possíveis
  • As plataformas mais utilizadas
  • Como iniciar no mercado de afiliados

 

Como funciona o Mercado de Afiliados?

Como Funciona o Mercado de Afiliados

 

Não há jeito melhor de começar neste assunto do que entender, detalhadamente, como funciona o mercado de afiliados; suas especificidades, seus caminhos e seus constituintes.

Em primeiro lugar, é importante reconhecer quais são os tipos de produtos que você, enquanto afiliado, escolherá para divulgar.

Dentro do mercado de afiliados, existem basicamente dois tipos de produtos: os produtos físicos e os produtos digitais, também chamados de infoprodutos.

Os produtos físicos, como o próprio nome diz, são aqueles produtos palpáveis, concretos, e que depois de comercializados são entregues aos compradores em seus endereços.

“Transportados” para o mundo digital, a diferença que esses produtos possuem no mercado atual diz respeito à maneira com que é comercializado, sem a necessidade de encontros presenciais, ou até mesmo interação entre cliente e produtor.

Os infoprodutos, por sua vez, são exclusivos do mercado digital e são resultado direto dessa nova forma de vender.

Estes produtos digitais não possuem representantes físicos diretos e, por conta disso, não precisam ser entregues aos remetentes diretamente.

Ou seja, sua entrega ocorre por meio das plataformas digitais (geralmente a pessoa que comprou recebe o produto por email).

Estando presentes em seus mais diversos formatos digitais, esses produtos podem tomar a forma de:

  • Cursos online
  • Ebooks
  • Audiolivros
  • Programas de assinatura
  • Podcasts
  • Programas de mentoria

 

Em todos os casos, enquanto afiliado, não é necessário ter a posse ou o domínio de qualquer produto que você for divulgar.

Todos os processos que envolvem o desenvolvimento, concretização e entrega dos produtos são de responsabilidade única de seus produtores, cabendo a você apenas divulgá-los.

Depois de reconhecer quais são os tipos de produtos comercializados neste mercado, é importante conhecer, também, quais são estratégias existentes para que você possa divulgá-los, bem como é vital saber reconhecer quais serão os lugares em que estes conhecimentos serão colocados em prática.

 

Conhecendo as principais plataformas de afiliação

Como este é um grande mercado que se estabeleceu ao longo dos anos, é natural que plataformas novas fossem criadas para abrigar seus produtos e serviços específicos.

Irei trazer informações mais específicas na última parte deste artigo; mas, de maneira geral, existem diversas plataformas criadas exclusivamente para que produtores possam hospedar e disponibilizar seus produtos, e para que afiliados possam encontrá-los e começar a divulgá-los.

Plataformas como a Hotmart, Eduzz e Monetizze são apenas algumas das diversas que existem atualmente e que permitem a realização deste trabalho tão lucrativo e vantajoso para aqueles que o realizam.

 

Principais Estratégias para Iniciar Corretamente no Mercado de Afiliados

Essa primeira maneira de divulgação, e suas respectivas plataformas, é completamente guiada pela criação de diversos conteúdos relevantes para um público-alvo específico e que foque em seus produtos escolhidos.

É importante ter a noção, aqui, de que não é possível ter sucesso se você simplesmente ficar “atirando para todo lado”, sem ter algo em que focar.

 

1 – Criaçao de conteúdo

Antes de começar a divulgar seus produtos, busque reconhecer que tipos de pessoas mais se encaixam na descrição de seus possíveis compradores e foque apenas nelas.

Reconhecendo quem serão seus clientes em potencial, você poderá dar mais atenção à sua seleção de produtos e aos conteúdos que irá produzir.

Você talvez esteja se perguntando: mas Isael, que conteúdos são esses? Eles são realmente necessários?

E eu te digo, amigo: sim! Eles são extremamente necessários.

 

Captura Banner Gabi

 

Não é preciso muito para entender que as pessoas consomem mais produtos de páginas e perfil em que confiam do que de páginas “estranhas”, nunca vistas antes.

Por isso, focar na criação de conteúdo específico, focado nos produtos aos quais você se afiliou, é a melhor maneira de conquistar seu público e aumentar as suas vendas.

O formato destes conteúdos pouco importa: artigos, vídeos, montagens, legendas, stories, você escolhe!

Mas claro, desde que você os produza de maneira condizente aos interesses de seu público, fazendo com que ele se envolva cada vez mais com sua página e, consequentemente, acesse cada vez mais seus links de afiliado.

 

2 – Site próprio

De maneira semelhante à anterior, com a criação de conteúdo e o contato com o público se mantendo, ter um site próprio é uma forma de atuar enquanto afiliado com uma liberdade ainda maior.

A diferença aqui é que você ficará inteiramente responsável pelo visual e desenvolvimento da plataforma em que irá disponibilizar seus produtos e divulgações.

É uma ótima escolha para aqueles que buscam ter a maior liberdade em seus trabalhos – principalmente criativa – e gostam de tocar seu ofício da forma que bem entenderem.

Porém, se você é alguém que não busca tantas responsabilidades assim, se manter nas redes sociais e nas demais plataformas de afiliação é uma escolha igualmente louvável.

 

3 – Redes de divulgação

Por fim, para finalizar este setor do artigo, gostaria de apresentar uma última maneira de divulgação que já vi inúmeros colegas de profissão adotando.

Funcionando mais como uma forma secundária de divulgar seus produtos, essas redes de divulgação se dão a partir de listas de transmissão por e-mail e em aplicativos de mensagens como WhatsApp, Telegram, Facebook e outros.

Encontrando um público específico que busca um determinado tipo de produto, você pode condensá-lo em determinados grupos ou listas e, sempre que seus produtos afiliados estiverem em bons e vantajosos preços, utilizar estes grupos como um canal de comunicação.

Mas é importante ressaltar que este método deve ser utilizado com moderação, visto que pode ser facilmente confundido com spam, aquelas propagandas automáticas e infinitas que ninguém gosta de ter enchido sua caixa de entrada e suas conversas.

Por isso, ele pode ser utilizado de maneira secundária; quando, a partir do desenvolvimento das técnicas apresentadas anteriormente, você pode oferecer este canal mais “íntimo”, de ofertas exclusivas, para aqueles clientes que se interessarem possam estabelecer um contato mais direto com você e, consequentemente, um contato mais direto com seus produtos.

 

Será que o Mercado de Afiliados ainda vale a pena?

Mercado de Afiliados Vale a Pena

 

Depois de entender o básico do mercado de afiliados, as suas especificações e principalmente a sua facilidade, você talvez esteja se perguntando se vale mesmo a pena seguir em seu caminho.

Há muitos “especialistas” que saem dizendo por aí que o mercado de afiliados está saturado, que não vale a pena iniciar seus trabalhos nessa área e que, atualmente, apenas pessoas consolidadas neste mercado podem ser bem-sucedidas.

Mas não se engane!

Essas pessoas estão totalmente equivocadas e erradas!

Venho te afirmar agora, com todas as letras, que não importa quem você seja e de onde você está começando, o mercado de afiliados é para todo mundo e vale a pena sim buscá-lo.

É claro que, na fala dessas pessoas erradas, existe um fundo mínimo de verdade: o mercado de afiliados é cheio, mas ele não está saturado.

Na mesma medida em que está cheio, ele se faz vasto, infinito; e oferece inúmeras possibilidades de crescimento para aqueles que escolherem traçar o seu caminho.

Não é errado falar que, tendo em vista o seu grande número de adesões, uma pessoa sem compromisso e desinteressada não irá conseguir se consolidar neste mercado.

Mas isso vale para toda e qualquer camada da vida, independente de ramo, área ou profissão.

Se uma pessoa escolhe desempenhar determinado ofício, ela deve escolher trilhá-lo com maestria e interesse…

E isso vale igualmente para o mercado de afiliados!

Depois de ingressar neste mercado, é importante que você busque sempre se atualizar, procurando as melhores e mais atuais maneiras de desempenhar este trabalho, de manter contato com o seu público e de conseguir comissões cada vez mais lucrativas, fazendo deste trabalho uma fonte de renda inigualável.

Agora que você sabe que o mercado de afiliados vale a pena sim, e que – apesar de cheio – ele não está saturado, irei te trazer tudo aquilo que você precisa saber para iniciar seus trabalhos e trilhar seus caminhos de forma mais vantajosa possível.

 

Como Iniciar no Mercado de Afiliados?

Você lembra que, no começo deste artigo, eu te falei que existiam plataformas especializadas para produtores e afiliados e que facilitam o trabalho do mercado de afiliação?

Então, são essas plataformas as suas melhores amigas para você que busca iniciar no mercado.

 

Banner Gratuito Gabi Cervantes

 

Agora, além de trazer detalhadamente informações sobre essas principais plataformas, também trarei diversas dicas e maneiras de começar no universo do mercado de afiliados, de modo a fazer com que seus ganhos apareçam o mais rápido possível e que você possa transformar este trabalho em sua principal fonte de renda.

 

1 – Plataforma de afiliados: Hotmart

A Hotmart é uma das maiores – se não a maior – plataforma de afiliados que você pode encontrar atualmente.

Abrigando quase meio milhão de produtos, ela oferece serviços nas mais diversas áreas, bem como:

  • Marketing digital
  • Saúde e bem-estar
  • Empreendedorismo
  • Fotografia
  • Maquiagem
  • Artesanato
  • E milhares de outros nichos

 

Dentro da plataforma, os produtores conseguem oferecer seus respectivos produtos e, ao mesmo tempo, possibilitar que afiliados os encontrem e os divulguem.

Aqueles que escolherem se afiliar à plataforma podem ganhar até 80% do valor do produto que divulgarem em comissões.

Se você é um afiliado que busca entrar no universo da divulgação de infoprodutos, mais especificamente infoprodutos focados na educação a distância em diversos nichos, essa é a plataforma perfeita para você.

Essa é uma ótima plataforma, também, se você é iniciante.

Além de oferecer instrumentos e serviços que auxiliam no seu desempenho trabalhando como afiliado, essa plataforma se beneficia por seu sucesso e grande tráfego.

Portanto, quando você divulga algum produto contido nela, a sua fama e grande renome no mercado poderão fazer com o que o interesse aumente.

 

2 – Plataforma de afiliados: Monetizze

Diferente da anterior, essa plataforma de afiliados oferece tanto produtos físicos quanto produtos digitais para que você se afilie, aumentando a sua possibilidade de venda e diversificando as opções de produtos para se afiliar e divulgar.

Enquanto uma plataforma relativamente nova, ela vem com tudo aquilo de mais atual e correspondente às exigências do mercado.

Não é à toa que ela foi eleita a melhor plataforma de infoprodutos durante os anos de 2017, 2018 e 2019.

Com a possibilidade de seus afiliados fazerem de 50 a 80% de comissão a cada venda realizada, essa plataforma ainda traz uma medida revolucionária no mercado.

Se você também produz, ela permite parcerias para que produtores divulguem produtos uns dos outros e assim, gerar uma renda ainda maior, aumentar o tráfego de sua página e diversificar seus clientes em potencial.

 

3 – Plataforma de afiliados: Udemy

A última entre as plataformas que trarei neste artigo, a Udemy já passou de 30 milhões de alunos em quase 200 países.

Com um público assim, é quase impossível não querer optar por ela, não é?

Além de encontrar uma plataforma moderna e de grande tráfego, aqueles que escolherem se afiliar à Udemy vão ganhar 10% de comissão em cima do valor de cada venda realizada.

Com cursos eu focam nas mais diversas áreas e nichos, como cursos de TI e software, cursos de desenvolvimento, cursos de línguas estrangeiras, coaching, entre muitos outros, essa plataforma é a escolha perfeita para conquistar o seu público e gerar cada vez mais renda.

 

E Como começar a criação de conteúdo para entrar no Mercado de Afiliados?

Lembra que mais acima neste artigo eu te falei da importância da criação de conteúdo para montar sua estratégia de divulgação?

Então, agora trarei as melhores dicas para que você possa realizá-la da melhor maneira possível.

  • Conhecer e reconhecer o seu público

Além de delimitar especificamente quais são as pessoas que podem se tornar seus clientes, é além de importante saber a fundo quais são suas principais vontades e seus principais interesses.

É por meio de informações básicas que você poderá mapear aquilo que essas pessoas se interessam por ver e comprar e montar toda a sua estratégia de divulgação em cima disso.

 

  • Domínio das principais ferramentas

Não adianta querer buscar as informações se você não consegue colocar tudo isso em prática, não é?

Durante todo este processo, é necessário ter um conhecimento mínimo para ter sucesso.

Para encontrar as vontades de seu público, uma ótima forma, é saber onde e como buscá-las.

Por meio das redes sociais, por uma aba específica em seu site ou fazendo simples pesquisas por meio de formulários e enquetes são formas perfeitas de fazer isso.

Depois disso, ter domínio das ferramentas de criação de conteúdo é vital.

Ferramentas de edição e escrita são indispensáveis quando o assunto é criar conteúdo.

 

  • Constante atualização

Essa é, para mim, a dica mais importante que posso te dar.

Não adianta saber reconhecer o seu público, conhecer a fundo quais são suas vontades e trabalhar tecnicamente para supri-las.

Se você não é uma pessoa que se atualiza constantemente, seja em relação às ferramentas que irá utilizar ou em relação às mudanças constantes que podem ocorrer dentro do seu público já consolidado, nada disso valerá a pena.

Assim como a internet, o mercado é maleável e está em constante mudança e evolução.

Siga essa evolução e corresponda às novas vontades; essa é a melhor dica que posso te dar.

 

  • Busque ser único

Trazendo de volta aquilo que falei lá em cima, o mercado não está saturado, mas está cheio!

Cheio de pessoas que fazem o mínimo, cheio de novatos, cheio de afiliados que buscam vender de forma mais simples.

De “mínimo”, o mercado de afiliados está cheio.

Dessa maneira, buscar exercer e colocar em prática tudo o que te ensinei neste artigo é importante, mas fazer tudo isso adicionando o seu toque único é mais importante ainda.

Crie seus conteúdos da forma que você sentir que deve criar, da maneira que você sabe criar.

Converse com o seu público da forma como você já faz, interaja com seus clientes em potencial da sua forma.

Isso, ninguém poderá te tirar, e mais importante, ninguém nunca conseguirá fazer igual.

 

Conclusão

Para concluir este artigo, vamos ressaltar as principais dicas e informações que eu te trouxe.

Primeiro, o mercado de afiliados é produto direto dessa nova etapa da internet; portanto, dominar as ferramentas que crescem e se desenvolvem com ele é essencial para desempenhar o trabalho.

Segundo, independentemente do produto que escolher divulga, tê-lo em mãos não é necessário.

É claro, você pode adquirir alguns dos produtos aos quais se afiliar para conhecê-los melhor e, assim, desenvolver estratégias de divulgação mais específicas.

Mas o investimento necessário?

É zero.

Terceiro, reconhecer onde você pode desempenhar este ofício é a melhor forma de fazê-lo.

Seja optando por plataformas já consolidadas, por meio de sites próprios ou por meio das redes sociais, sem um local específico é difícil divulgar seus produtos, por mais específicas que elas podem ser.

Por fim, nada disso valerá se você for fazer da mesma forma que os milhares de afiliados fazem diariamente.

Dessa forma, aplicando tudo o que foi escrito aqui de sua própria maneira é a melhor forma de iniciar, crescer e se consolidar nesse mercado.

O mercado de afiliados é algo novo, mas nem por isso deixou de se tornar algo bom e lucrativo para aqueles que o escolhem.

Encontre os melhores produtos e as melhores formas de divulgá-los; assim, você poderá transformar essa novidade em sua mais nova fonte de renda rumo à independência financeira.

E aí, o que achou do post?

Acompanhe mais conteúdos no meu site Isael Oliveira!

Me siga nas redes sociais para ficar por dentro das principais dicas de Marketing Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

foto isael oliveira

Isael Oliveira é afiliado profissional e empreendedor digital. Tem como principal objetivo, ensinar outras pessoas a ganhar dinheiro online, trabalhando de casa através do Google, tendo assim liberdade financeira e geográfica.

ebook como ganhar dinheiro pela internet

E-book Gratuito: Como Ganhar Dinheiro Pela Internet e Mudar de Vida de Uma Vez Por Todas

Veja Outros Posts:

GANHE DINHEIRO NA INTERNET

Aprenda o passo a passo para criar um negócio digital que vende no piloto automático 24h por dia, tudo isso de forma gratuita.

Fique por dentro

O maior segredo do Marketing Digital é estar sempre atualizado

Meu Whatsapp!
Fale comigo agora mesmo!
Clique no botão ao lado para falar comigo!