→ 5 Ideias de Renda Extra【Com Pouco Investimento】2022

Renda Extra Com Pouco Investimento

 

Atualmente, com a evolução dos meios de comunicação e com o avanço cada vez maior da internet, a transição das mais diversas camadas da vida real para o meio digital faz com que surjam, a cada dia, inúmeras novas possibilidades de gerar renda extra com pouco investimento.

Se desvinculando dos trabalhos tradicionais que enchem as nossas rotinas diariamente, essa nova realidade nos abre caminhos diversos para percorrer.

E se soubermos as melhores maneiras de como ganhar uma renda extra investindo pouco, é possível aproveitá-los e se tornar uma pessoa bem-sucedida e independente financeiramente.

Trabalhar com o que você já tem é o principal fator para se concretizar nesse novo mercado e conseguir renda extra com pouco investimento; isso não necessariamente significa posse de algo material.

Claro que, entre as dicas de renda extra com pouco investimento que trarei neste artigo, diversas posses materiais se mostrarão como possíveis caminhos, mas não serão os únicos.

 

Ideias de renda extra com pouco investimento

Abaixo, trago algumas ideias que você pode considerar para fazer aquela graninha extra no final do mês investindo pouco, comparado com o ganho que você pode ter. São elas:

 

  • Desenvolvimento de infoprodutos
  • Revenda e/ou redirecionamento de produtos
  • Aluguel de cômodos ou imóveis
  • Aluguel de objetos, roupas, acessórios e outras posses
  • Transformar hobbies em trabalho

 

Vem comigo por que agora, depois de te mostrar um panorama geral de cada possibilidade, me aprofundarei em cada uma delas.

Tudo para que você consiga ponderar entre cada uma de suas especificidades e escolher aquela que melhor se encaixa com a sua realidade e com os seus interesses.

 

1 – Desenvolvimento de Infoprodutos

Uma das maiores consequências da evolução digital e da transição para o mundo virtual foram os infoprodutos, também chamados de produtos digitais.

Esses produtos são distribuídos por meio da internet para os mais diversos dispositivos, e se manifestam em forma de:

  • E-books
  • Podcasts
  • Cursos online
  • Apostilas
  • Programas de mentoria
  • Audiolivros
  • Clubes de assinatura

 

Como se tratam de produtos digitais, consequentemente não existe preocupação nenhuma – ao longo de sua produção – com a compra de materiais, impressão, entrega via correios, entre outras responsabilidades que vem durante a confecção de produtos físicos.

 

Banner Gabi Cervantes Captura

 

A venda de infoprodutos é uma atividade essencial para você que acredita possuir certas habilidades e conhecimentos que merecem ser compartilhados e que podem ser comercializados.

De acordo com a Hotmart – uma das maiores plataformas de venda de infoprodutos do mundo – esta é uma perfeita oportunidade para, democratizando as mais diversas formas de conhecimento, gerar uma renda extra com pouco investimento.

E não pense que são apenas aqueles conhecimentos ditos científicos e acadêmicos que podem ser comercializados em forma de infoproduto!

Na renomada plataforma, estão entre os cursos mais vendidos aqueles presentes em nichos como o de:

  • Negócios e carreira
  • Relacionamentos
  • Saúde e bem-estar
  • Alimentação
  • Desenvolvimento pessoal

 

Além de diversos outros!

Viu como essa possibilidade de gerar renda extra com pouco investimento abre vários caminhos?

 

Como confeccionar Infoprodutos?

É claro que cada categoria de infoproduto tem suas especificidades técnicas a serem seguidas, mas existem regras gerais que precisam ser sempre reconhecidas, e envolvem:

  • Conhecer seu público alvo
  • Criar conteúdos relevantes relacionados a seus infoprodutos
  • Reconhecer as ferramentas que serão utilizadas ao longo de sua confecção
  • Saber onde hospedar seus produtos e seus respectivos anúncios
  • Criar uma boa estratégia de vendas

 

Qual o investimento necessário para criação de Infoprodutos?

Como se tratam de produtos digitais, os únicos investimentos necessários são das ferramentas que serão utilizadas para suas confecções.

Dependendo do tipo de produto estes investimentos podem mudar, mas geralmente envolvem:

  • um smartphone
  • um computador
  • uma câmera e/ou um microfone

 

Por sorte, ferramentas cuja maioria temos sempre disponíveis ao nosso alcance.

Por isso, é provável que um investimento real venha apenas na compra de ferramentas auxiliares como novas lentes ou fones para aumentar a qualidade de seus produtos.

 

2 – Revenda e/ou Redirecionamento de Produtos

Com o avanço das tecnologias, vender produtos físicos também tornou-se uma atividade muito mais fácil de ser realizada.

Um trabalho que antes exigia depósitos, funcionários e estabelecimentos para funcionar pode, hoje, ser comandado de qualquer lugar, utilizando apenas de conexão à internet.

 

Captura Banner Gabi

 

Isso não significa, é claro, que se trata de um trabalho menos exigente e cansativo.

Ao desempenhá-lo, o mesmo controle de mercadoria e de sua qualidade, e os mesmos processos de entrega e atendimento terão que ser desempenhados, mas agora de forma remota.

 

Como revender/redirecionar produtos?

Para desempenhar este trabalho, você poderá encontrar plataformas de marketplace (ou desenvolver seu próprio site) para hospedar os produtos que escolher vender.

E a partir daí, é só desempenhar as mesmas atividades dos vendedores físicos, mas em menor escala.

Uma das melhores maneiras de realizá-las é a partir do dropshipping, uma técnica de venda que, ao invés de manter os produtos a serem vendidos em um estoque, você atuará como um intermediário entre compradores e produtores.

 

Qual o investimento necessário para revender / redirecionar produtos?

O investimento necessário aqui está presente na compra do produto antes de sua revenda.

Como não se trata de uma comercialização de produtos em estoque, o investimento monetário é significativamente menor, com uma margem de lucros que – além de ser definida por você – pode ser atingida mais rapidamente.

Controlando seus próprios preços e o volume de vendas que irá realizar, você poderá adaptar seus investimentos para melhor se encaixar em suas necessidades.

 

3 – Aluguel de Cômodos e/ou Imóveis

Um dos presentes avanços do mercado digital foi o desenvolvimento de plataformas que oferecem – tais quais redes hoteleiras – estadias nos mais diversos lugares do mundo.

Porém, diferente da concorrente, de uma forma mais direta, facilitada e mais rentável.

Uma das mais famosas entre essas plataformas é o Airbnb, que se mostra como uma ótima oportunidade de gerar uma renda extra com aquele cômodo vazio em sua cara ou com aquele imóvel que você tem, mas que não está sempre em uso.

 

Como alugar cômodos / imóveis para fazer renda extra gastando pouco?

Para realizar o cadastro na plataforma, existem certos requisitos a serem seguidos pelo anfitrião antes de poder disponibilizar suas acomodações. Entre eles:

  • Disponibilizar comodidades básicas como itens de banho e cama
  • Evitar cancelamentos
  • Responder aos questionamentos de possíveis hóspedes com rapidez

 

Qual o investimento necessário para alugar cômodos / imóveis pensando em uma possível renda extra?

Além dos custos provenientes da manutenção material do local, como sua limpeza, e o pagamento de contas de água e energia, por exemplo, existe uma taxa a ser paga pelos anfitriões que buscam hospedar suas acomodações na plataforma.

A maioria dos anfitriões deve contribuir com um valor, correspondente a uma taxa de serviço fixa, de 3% do subtotal da reserva.

 

4 – Aluguel de Experiências e Objetos

Ainda falando do Airbnb, é possível que você “hospede” experiências dentro da plataforma.

Desempenhando o papel semelhante ao de um guia turístico, é possível que você use seus conhecimentos acerca do lugar que mora para, literalmente, alugar tours, aulas, degustações, entre diversas outras experiências que só você conhece!

Uma ótima oportunidade para transformar seus hobbies em uma ótima fonte de renda extra, que não te esgota tal qual um trabalho tradicional.

Ainda na mesma pegada, mas trocando de plataforma, novos sites permitem que você hospede objetos como roupas e acessórios para que sejam alugados durante determinado período de tempo…

Entre eles a Loc, uma plataforma de aluguel de roupas e acessórios e o Spinlister, plataforma de locação de artigos esportivos.

 

Qual o investimento necessário?

No caso do aluguel de experiências, os investimentos serão correspondentes aos tipos de atividades que você escolher disponibilizar.

Se, por exemplo, você for uma pessoa que gosta muito de culinária e resolve oferecer uma experiência gastronômica na plataforma, é importante contar com os gastos com os ingredientes e outras ferramentas que são parte do processo de preparo dos alimentos.

No caso do aluguel de objetos, assim como acontece com a disponibilidade de acomodações, os investimentos necessários serão aqueles correspondentes à manutenção dos produtos em questão, para que estejam em boas condições e continuem propícios a aluguel.

Em ambas opções, é importante que você considere todos os seus gastos com tais investimentos na hora pensar no valor que irá cobrar em seus aluguéis, a fim de suprir suas despesas e gerar bons lucros.

 

5 – Transformar Hobbie em Trabalho

Essa última dica pode parecer um pouco óbvia, mas vale a pena ser citada mesmo assim.

Pare por um instante e pense em algo que você gosta de fazer.

Sério, qualquer coisa mesmo.

  • Você gosta de andar com cachorro? Dog walker pode ser pra você!
  • Você gosta de games? Criar um canal no Youtube pode ser a solução!
  • Você gosta de cozinhar? Crie um instagram sobre receitas e faça renda extra com pouco dinheiro!
  • Que tal maquiagem, te atrai? Grave vídeos no Youtube fazendo reviews sobre os principais produtos de maquiagem e ganhe dinheiro!

 

Qualquer coisa que você GOSTE de fazer, ou seja, que é um hobbie, dá para transformar em dinheiro, principalmente na internet.

Acredite!

 

Conclusão

É claro que saber como ter uma renda extra com pouco investimento, em termos técnicos, é um dos passos mais importantes para traçar o caminho para o sucesso; mas não é o único.

Uma palavra chave que possui igual importância neste processo é COMPROMETIMENTO.

Sabemos que o termo “investir” usado nesse artigo foi utilizado no sentido monetário da palavra, mas investimentos em dinheiro não serão os únicos necessários para que você consiga alcançar maiores sucessos ao longo de sua vida profissional.

 

Banner Gratuito Gabi Cervantes

 

O investimento pessoal é extremamente necessário se você busca encontrar novas possibilidades de renda e procura consolidá-las sem gastar muito dinheiro.

Nesse caso, ao invés dos valores gastos, você deverá investir tempo, comprometimento e vontade; para que esses fatores possam superar e suprir os “espaços” deixados pela ausência monetária.

Dessa forma, buscando conquistar de maneira mais orgânica o sucesso, o reconhecimento de seu trabalho deverá – e irá – aparecer fruto de seu esforço.

Independente da maneira que escolher para gerar essa renda, faça-a da melhor maneira possível.

Se dedique e isso com certeza irá refletir em seu número de clientes – e em sua renda, que só tenderá a crescer.

E aí, o que achou do conteúdo?

Veja mais no meu blog Isael Oliveira!

Me siga nas redes sociais para ficar por dentro das principais dicas de Marketing Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

foto isael oliveira

Isael Oliveira é afiliado profissional e empreendedor digital. Tem como principal objetivo, ensinar outras pessoas a ganhar dinheiro online, trabalhando de casa através do Google, tendo assim liberdade financeira e geográfica.

ebook como ganhar dinheiro pela internet

E-book Gratuito: Como Ganhar Dinheiro Pela Internet e Mudar de Vida de Uma Vez Por Todas

Veja Outros Posts:

GANHE DINHEIRO NA INTERNET

Aprenda o passo a passo para criar um negócio digital que vende no piloto automático 24h por dia, tudo isso de forma gratuita.

Fique por dentro

O maior segredo do Marketing Digital é estar sempre atualizado

Meu Whatsapp!
Fale comigo agora mesmo!
Clique no botão ao lado para falar comigo!